segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Volta, John Lennon. És o maior!

Li hoje no Metro (hoje só tive tempo para ler o Metro) que finalmente o Vaticano perdoou John Lennon por ele ter dito, há 40 anos, que os Beatles eram maiores que Deus.

40 anos para perdoar Lennon? Mais uns anitos e o beatle arriscava-se a ser beatificado. Mas acho curioso que o L'Osservatore Romano desdramatize a frase de Lennon dizendo que "ele estava apenas a exibir-se". A vaidade já não é pecado capital?

Infelizmente, até à hora do fecho deste edição, não nos foi possível falar com Deus.

3 comentários:

Gertrudes A. da Cunha disse...

Lamento a minha indisponibilidade anterior.Estou aqui agora.Qual era a pergunta?

Deus

Povd disse...

Como diria uma famosa voz da rádio e da tv, de outros tempos: "500 Featuring Jesus appears at UN"

Beta disse...

...nem com Lennon...